19 setembro 2007

The Burning Taper


The Burning Taper (O Círio Ardente) é um interessante blogue norte-americano de temática maçónica. Há meses que andava para aqui o divulgar, mas, por uma ou por outra razão, tal referência foi sendo adiada - até hoje!


The Burning Taper é escrito por um maçon, residente numa povoação do Estado sulista da Geórgia, que usa o pseudónimo de Widow's Son (Filho da Viúva - a expressão que os maçons utilizam para se designar a si próprios).

A leitura deste blogue permite que nos apercebamos de quão diferente é a maçonaria americana da maçonaria europeia. Diga-se desde já que este é um blogue contra a corrente, escrito por alguém que assumidamente está preocupado com o estado actual da Ordem Maçónica nos Estados Unidos, inserindo-se numa tendência de maçons que, insatisfeitos com o trabalho interno das Lojas, reduzidas quase a clubes sociais e filantrópicos, defendem que a crise por que passa a maçonaria americana (em contínua perda de efectivas, desde há várias décadas) só pode ser superada com o investimento na formação maçónica, com o estudo, debate e efectiva prática dos princípios maçónicos, com o trabalho ritual, com o retorno à prevalência das Lojas Azuis (as Lojas que constituem o essencial da Maçonaria, com os três graus de Aprendiz, Companheiro e Mestre) em detrimento dos Altos Graus (nos Estados Unidos, essencialmente o York Rite e o Scottish Rite - Rito Escocês Antigo e Aceite, dos 4.º ao 33.º graus) e de outros Corpos Adjacentes (os Shrines). Em suma, e ressalvadas as devidas distâncias, poder-se-á dizer que as posições defendidas por Widow's Son e toda uma corrente, por enquanto ainda minoritária, de maçons se aproximam da prática da maçonaria europeia.

Pelo que se pode ver em The Burnig Taper, Widow's Son é um maçon que cultiva a polémica - mas respeita as opiniões alheias -, fomenta a discussão - mas pretende-a esclarecedora - e defende com intransigência - mas com espírito democrático - as suas concepções.

O autor do blogue preocupa-se, manifestamente, com a influência do fundamentalismo religioso - em especial do fundamentalismo dito cristão - na sociedade americana, que entende pôr em perigo os valores essenciais em que esta se baseia. Não hesita em denunciar esse fundamentalismo. Entende que o modelo quase exclusivamente filantrópico e social que considera ser seguido pela corrente maioritária da maçonaria americana está esgotado. Aponta e divulga os exemplos das práticas que considera mais adequadas.

O blogue destaca um aviso, o de que tem tendências heréticas. É evidente a ironia, mas também a assunção do inconformismo do seu autor.

Muito interessante é o detalhe de Widow's Son ter criado uma base de dados de citações maçónicas e, mediante uma aplicação criada para o efeito (que se propõe disponibilizar a outros Irmãos que desejem utilizá-la nos seus sítios ou blogues), possibilitar que, em cada vez que se acede ao blogue, se leia uma diferente citação maçónica.

Este blogue teve assumidamente a sua origem num conflito em que o seu autor esteve envolvido na sua Loja. Para se compreender muito do pensamento e da postura de Widow's Son convém ler-se atentamente o conjunto de textos que descrevem a origem e o desenvolvimento desse conflito. Esses textos estão referenciados na coluna da direita do blogue, sob o título The Burning Taper backstory (Os antecedentes de O Círio Ardente).

Aqueles que o autor considera serem os melhores textos publicados no blogue (e seguramente alguns daqueles em que a polémica está presente) estão referenciados, também no lado direito do blogue, sob o título Worth reading again (Vale a pena ler outra vez). São doze textos que nos dão a panorâmica das preocupações e das posições de Widow's Son.

Este blogue é frequentemente actualizado - por vezes com vários textos por dia. Vale também a pena ler os comentários, não só porque ali intervêem alguns dos autores de outros blogues maçónicos de qualidade, mas porque não é raro que as polémicas que se estabelecem na caixa de comentários seja mais interessante e esclarecedora do que os textos que lhes serviram de pretexto - e que, por vezes, se tem a sensação que foram publicados precisamente buscando a polémica, o confronto de ideias, as posições extremadas.

Para quem domina o inglês e quer ir acompanhando o estado da maçonaria americana, suas virtudes e defeitos, pujanças e problemas, inacção e evolução, ler regularmente o The Burning Taper é francamente aconselhável.

Rui Bandeira

2 comentários:

Simple disse...

Caro Rui:

De facto, o blog é muito bom. Obrigado pelo link. Vou passar a leitor assíduo.

Até houve direito a uma referência cruzada ao A Partir Pedra:
http://burningtaper.blogspot.com/2007/09/there-must-be-some-misunderstanding.html

Parabéns!

Um abraço,

Simple Aureole

Helio disse...

MM.'.QQ.'.II.´.

Agradeço as dicas de Blogs que têm sido publicadas neste espaço.
Aproveito também para dizer que fiquei muito feliz em saber que gostaram dos meus comentários acerca do texto das três colunas. Já aprendi e pretendo continuar a aprender bastante com este blog e é sempre bom poder contribuir com algo de vez em quando.

TAF

Apolo